segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Historia do bairro Floresta

Localização

O Bairro Floresta, localizado na região Leste de Belo Horizonte, nasceu como suburbio da cidade, sendo um dos primeiros locais de moradia dos operários que trabalham na construção da capital.
Inicialmente foram construidas moradias simples, dando um lugar, posteriormente, a uma série de casarões e palacetes, dentre eles o famoso palacete do Conde de Santa Marinha, construio em 1896, que tormou-se a primeira residência fora dos limites impostos pelo projeto original de engenheiro Aarão Reis. Esse palacete sequer chegou a ser habitado, tendo seu dono falecido no Rio de Janeiro enquanto a familia se preparava para viver na nova capital.

Formação do Bairro

O bairro era formado inicialmente por chácaras que, segundo historiadores, foram responsáveis pelo abastecimento de hortifrutigranjeiros da capital recém inaugurada.Os vestígios da primeira forma de ocupacão ainda existem. A aréa da Praça comendador Negrão de Lima, é um exemplo. Essa praça está localizada no local onde existia a chácara da referida família. A sede da propriedade, situada na Rua Leonídia Leite, continua preservada, tendo sido tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. A Região abrigou algumas personalidades ilustres como os poetas Carlos Drummond de Andrade e Pedro Nava, Negrão de Lima e até o compositor carioca Noel Rosa, que na ocasião veio passar uma temporada em Belo Horizonte em busca da cura da tuberculose que o afetava. Outro compositor não menos importante, Rômulo Paes, cantou o bairro em versos: minha vida é esta/subir Bahia, descer Floresta.

Infra-estrutura

O bairro Floresta é um bairro com infra-estrutura completa e não possui favelas ou áreas invadidas em suas imediações. Conta com uma variada rede de estabelecimentos comerciais, dentre eles os enxovais da Casa Pérola, as tortas e doces da Confeitaria Momo e as balas de licor da fábrica de chocolates Lalka, dentre outros, distribuidos pelas ruas Itajubá, Curvelo, parte da Rua Pouso Alegre e nas avenidas do Contorno e Silviano Brandão.

Cultura

Culturalmente, o bairro também é destaque. Atrai inúmeras manifestações artísticas que ganham destaque no Teatro Alterosa, na Praça Comendador Negrão de Lima e , há seis anos, na sede do Giramundo, que abriga uma escola de teatro de bonecos e um museu, responsáveis pelo maior acrevo de marionetes do Brasil.

Principais Vias

Entre Santa Efigênia, Santa Tereza, Horto, Centro, Lagoinha, Colégio Batista, Concordia e Sagrada Familia, o bairro Floresta é cortado pelas avenidas do Contorno, Francisco Sales e pela charmosa e arborizada Assis Chateaubriand. Outras importantes vias a acesso ajudam a delimitar a região, como as avenidas Cristiano Machado e Silviano Brandão. Ligando por dois braços históricos- os viadutos Santa Tereza e Floresta - o bairro e o Centro mantêm uma relação de amor e ódio. Afinal, para os moradores, viver próximo da região é um previlégio estratégico, mas significa também mais poluição e trânsito intenso em ruas que permanecem estreitas. Independentemente das condicões e divergências urbanas entre o passado e o presente, o Floresta continua a fazer sua própria história.

Grupo :

Ana Clara, Tatiane,Clarice e Harion.

3 comentários:

Ana Clara Gomes Ferreira disse...

O Bairro Floresta tem uma historia muito grande,possui casas importantes,avenidas,ruas,pracas...o bairro é muito bom ! E esse blog muito importante para descobriimos um pouco mais sobre o bairro Floresta.

Anônimo disse...

adorei o trabalho de vcs é super completo com tudo o que preciso para um trabalho de escola....parabens pelo otimo trabalho......se nao estiver correto vcs sao um bando de incopetentes.......shuashuashuashua....to zuando o seu trabalho esta otimo.........

Antonio José disse...

Qual é o nome correto da Praça?
?"Comendador Negrão de Lima?
O correto não seria: Comendador José Duarte da Costa Negrão?(Meu bisavô)
Antonio José Negrão-Piraju-SP